sábado, 4 de agosto de 2012

Governo do ES oferece 10 mil vagas em cursos profissionalizantes

 
 
Governo do ES oferece 10 mil vagas em cursos profissionalizantesquinta-feira, 2 de agosto de 2012
O Governo do Espírito Santo, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), anunciou mais de 10 mil vagas em cursos de capacitação, durante a posse do Conselho Estadual do Trabalho (CET) e o Comitê Estadual Integrado de Educação Profissional (Cointec).
As vagas serão oferecidas em 20 municípios. Os cursos são disponibilizados na área de construção civil, como pedreiro, bombeiro hidráulico, instalador predial, mestre de obras, armador de ferragens, pintor de obras; na área de informática, como operador de microcomputador, entre outros cursos que ainda não foram definidos.
A iniciativa faz parte do Programa Integrado de Formação Profissional (Rede Formar), que tem o objetivo de oferecer 150 mil vagas de qualificação profissional gratuitas até 2014.  
 
Posse
O evento solene para a posse dos novos membros dos dois órgãos foi realizada no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, com a presença do governador Renato Casagrande e do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI) Jadir Péla, além de mais de 40 representantes de órgãos e instituições ligadas ao setor educacional, trabalho e de formação tecnológica.

O governador Renato Casagrande destacou as melhorias para a área do trabalho com a posse do Conselho Estadual do Trabalho, que passará a assessorar o Governo em todas as ações ligadas ao tema.

“Daremos as condições necessárias para facilitar a articulação entre empresariado e trabalhadores na formação de mão de obra local para atender à nossa pujança econômica, já que, nos próximos quatro anos, temos a perspectivas de investimentos públicos e privados da ordem de R$ 100 bilhões no Espírito Santo. A nossa meta é fazer mais para quem mais precisa e o trabalho e a educação são instrumentos determinantes para a inclusão de mais capixabas, em todas as regiões do nosso Estado”, ressaltou.
 
Cooperação
Um termo de cooperação técnica entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Sectti vai garantir a oferta de novas 10 mil vagas em cursos de qualificação profissional, nas modalidades presencial e de ensino à distância no Espírito Santo. 

O secretário Jadir Péla frisou que, com a posse do CET e do Cointec, a sociedade ganha mais representatividade para as questões de políticas públicas do trabalho e formação profissional. “Estamos efetivamente envolvidos com a formação profissional e com o encaminhamento de mão de obra. Com a posse do Conselho e do Comitê, podemos agir de forma estratégica unindo a formação profissional e a empregabilidade”.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Paulo Cesar Peres, que acompanhou todo o histórico da transformação da comissão em Conselho, disse estar confiante na efetividade do órgão. “Há dez anos estamos reivindicando essa transformação. Agora, o trabalhador, o poder público e os empregadores terão o poder de tomar decisões para beneficiar o trabalhador e quem procura por oportunidade no mercado”.

Ele acrescentou a necessidade de se efetivar o funcionamento do Observatório do Trabalho, que oferecerá à sociedade uma análise do mercado e do Grupo de Intermediação Massiva de Mão de Obra (IMMO), responsável por mobilizar mão de obra para as demandas de empresas em expansão no Estado.

Representando os empregadores do Estado, o superintendente Regional do Senai, Dionísio Corteletti, disse que ainda há muito trabalho pela frente. “Só teremos sucesso se tivermos um direcionamento em busca do conhecimento, ampliando o espaço para o estudo e trabalhando em equipe. Hoje estamos dando um grande passo para o sucesso do desenvolvimento do Estado com essas duas posses”, acrescentou.





Fonte: Portal do Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;