sábado, 8 de dezembro de 2012

ANVISA vai abrir Concurso Público com salário de até R$ 10 mil



-->

A autorização foi dada no dia 04/12/2012 pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai abrir concurso público para preencher 165 vagas, distribuídas por cargos de níveis médio e superior. A autorização foi dada nesta terça-feira pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e publicada na edição do Diário Oficial da União.
O número de vagas liberadas, todas para Brasília (DF), foi bem menor do que o pedida pelo órgão, que era de 247 chances.

Os salários iniciais são de R$ 10.019,20 para especialista; de R$ 7.285,87 para analista administrativo; de R$ 4.984,98 para técnico em regulação e vigilância sanitária; e de R$ 4.760,18 para técnico administrativo.

São 100 vagas para especialista em regulação e vigilância sanitária (nível superior), 20 para analista administrativo (nível superior), 35 para técnico em regulação e vigilância sanitária (nível médio) e 10 para técnico administrativo (nível médio).

O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data da publicação da portaria.

Ministério

O Ministério da Saúde já iniciou os preparativos para abertura de concurso público que visa preencher 2,5 mil vagas. Serão chances para cargos dos níveis médio/técnico e superior.

Os preparativos continuam no sentido de publicar o documento o mais breve possível. O certame será elaborado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB).

As vagas serão destinadas aos cargos de auxiliar de enfermagem, farmacêutico, médico, técnico de laboratório, nutricionista, assistente social, odontólogo, enfermeiro, administrador e psicólogo. A remuneração inicial é de R$ 2.156,42 (nível médio/técnico) e R$ 3.225,42 (nível superior).

As vagas serão distribuídas por 15 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs): Litoral Sul (área indígena da região litorânea dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul); Interior Sul (Oeste e região de fronteira dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul); Minas Gerais e Espírito Santo; Mato Grosso do Sul, Alagoas e Sergipe; Bahia, Ceará, Pernambuco, Potiguara, Maranhão, Cuiabá, Xingu, Xavante, Kaiapó e Araguaia (estados de Goiás, Mato Grosso e Tocantis).




Fonte: A Gazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;