terça-feira, 2 de abril de 2013

Governo Federal oferece bolsas para cursos em cinco países



-->

Os estudantes da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) das áreas biológicas e tecnológicas podem se inscrever no Programa Ciência Sem Fronteiras, realizado pelo Governo Federal. Os alunos devem ter entre 20% e 90% do curso concluído, além do coeficiente mínimo de seis.

As oportunidades são para cinco países, sendo eles Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda. Para as vagas na Bélgica e Finlândia, as inscrições serão encerradas na próxima sexta-feira, dia 05 de abril. para os demais países, o prazo vai até sábado, dia 06. As inscrições devem ser realizadas na Ufes e no site do Ciência Sem Fronteiras (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/inscricoes-resultados).

As bolsas destinam-se a alunos cujos cursos estejam relacionados às seguintes áreas: Engenharias e demais áreas tecnológicas; Ciências Exatas e da Terra; Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde; Computação e Tecnologias da Informação; Tecnologia Aeroespacial; Fármacos; Produção Agrícola Sustentável; Petróleo, Gás e Carvão Mineral; Energias Renováveis; Tecnologia Mineral; Biotecnologia; Nanotecnologia e Novos Materiais; Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais; Biodiversidade e Bioprospecção; Ciências do Mar; Indústria Criativa; Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva; Formação de Tecnólogos.

Os candidatos selecionados para o intercâmbio terão direito a uma bolsa mensal, auxílio-instalação, seguro-saúde e passagens aéreas. O programa tem a duração de seis a 12 meses, podendo chegar a 15 meses.


Ciência Sem Fronteiras

O projeto tem como objetivo promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

Além disso, o programa prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação.





Mais Informações:














Fonte: Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

;