segunda-feira, 12 de maio de 2014

ENEM 2014 - Inscrições abertas



-->

Estudantes da rede estadual de ensino poderão se inscrever para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 a partir desta segunda-feira (12), por meio do site oficial do exame.  O período de inscrições seguirá até o dia 23 de maio. O Ministério da Educação (MEC) prevê receber 8,2 milhões de inscrições, cerca de um milhão a mais do que no ano passado.

A inscrição deverá ser confirmada por meio do pagamento do boleto até o dia 28 de maio. A taxa de inscrição será de R$ 35. A isenção da taxa vale para todos os estudantes de escola pública e estudantes que comprovarem ter renda familiar inferior a R$ 1.086. Os interessados podem se inscrever AQUI.
 
As provas irão acontecer nos dias 08 e 09 de novembro. No dia 08, sábado, os candidatos farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza entre as 13h e as 17h30 (no horário de Brasília). No dia 09, domingo, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Neste dia, o Enem será mais comprido, e acontecerá entre as 13h e as 18h30 (também no horário de Brasília).

Nesta edição, os alunos sabatistas poderão fazer a prova do dia 08 às 19h (do horário de Brasília), exceto nos estados do Acre, Roraima, Rondônia e Amazonas. Nesses quatro estados, os candidatos que guardem o sábado por motivo religioso poderão realizar o primeiro dia de provas às 19h do seu horário local, em função do horário de verão.

“Por meio do Enem os estudantes conseguem fazer uma autoavaliação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula. Também é uma porta de entrada para o ensino superior por meio de programas de financiamento público. Além disso, também é um fator que facilita a conquista de uma vaga no mercado de trabalho, uma vez que as notas passaram a ser exigidas pelas empresas contratantes”, salientou Rafaela Teixeira Possato de Barros, subgerente de desenvolvimento curricular do ensino médio na Sedu.


Novidades
Entre as novidades deste ano está a tradução do edital para aumentar a acessibilidade dos estudantes surdos e cegos, e o uso de detectores de metal nas salas de aplicação das provas, para coibir tentativas de fraude

O detector poderá comprovar o uso indevido de celulares não para colar durante a prova, mas para postar fotos da prova nas redes sociaisuma infração que eliminou dezenas de jovens nas últimas duas edições.

Enem
Desde 2009, o exame passou a ser usado por instituições públicas de ensino superior como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais.

A prova também é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao ensino superior e de financiamento público, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciência sem Fronteiras, além do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

Além de estudantes prestes a ingressar na graduação, ou que estão no ensino superior, o Enem ainda serve para que adultos que não completaram o ensino básico na idade certa possam conseguir o certificado de conclusão do ensino médio.

Fonte: Governo do Estado

;